Informações pessoais de seis milhões de chilenos vazam na Internet

No dia 10 de maio, informações pessoais de seis milhões de chilenos armazenadas em instituições públicas e privadas foram disponibilizadas na Internet por um hacker que afirmou tê-lo feito para alertar contra a parca segurança com que tais informações eram tratadas. Para Renato Jijena, a disponibilização destas informações, em si, não é um delito, pelo mero fato de não haver previsão legal que possa ser usada para proteger as informações pessoais disponibilizadas. O problema verdaderio é o atual enfoque chleno para o problema da proteção de dados. Leia mais em [El Mercurio].

Leave a Reply

Your email address will not be published.