Dados genéticos começarão a ser utilizados em investigações policiais no Brasil

Alguns estados brasileiros (Amazonas, Amapá, Ceará, Mato Grosso, Paraíba e Paraná) pretendem utilizar o banco de dados Codis (Combined DNA Index System) para viabilizar a investigação policial com o auxílio de dados genéticos. Acordo neste sentido será mantido entre a Polícia Federal e o próprio FBI

O CODIS, sistema financiado pelo FBI e cedido gratuitamente a diversos países interessados através de acordo, permite o registro de perfis genéticos e também a busca em seu banco de dados, em uma tendência que já vem sendo incorporada à atividade investigatória em diversos países

O acordo foi divulgado sem que algumas questões referentes à sua implementação fossem esclarecidas, como, por exemplo, se os perfis genéticos a serem cadastrados serão apenas de pessoas condenadas por determinados crimes ou se eventualmente pessoas suspeitas e/ ou sob investigação também serão conduzidas à produção deste perfil.

Leave a Reply

Your email address will not be published.